Porto de Paranaguá melhorou atendimento, mostra pesquisa

A Comissão de Obras Públicas, Transportes e Comunicação da Assembleia Legislativa do Paraná divulgou nesta terça-feira (20), em Audiência Pública, o resultado de uma pesquisa de satisfação sobre o Porto de Paranaguá. A pesquisa aponta melhoria da infraestrutura e dos serviços, se comparado com os existentes há cinco anos, em todos os segmentos avaliados.

Realizada entre os dias 20 de abril e 10 de maio, em Curitiba e Paranaguá, a amostragem ouviu sete exportadores, todos os 23 operadores portuários, quatro sindicatos, 300 caminhoneiros, dois práticos e 400 moradores de Paranaguá.

Intitulada “Pesquisa de Satisfação dos Usuários Exportadores e Importadores do Sistema Portuário, Caminhoneiros e Moradores de Paranaguá”, o trabalho foi realizado pelo Instituto de Pesquisas Opinião e contratada pela Comissão de Obras Públicas, Transportes e Comunicação da Assembleia.

“A pesquisa mostrou o reconhecimento de todos os setores envolvidos na atividade portuária de que a estrutura do Porto melhorou”, disse o deputado estadual, Tião Medeiros, presidente da Comissão. “Além disso, os clientes, usuários e trabalhadores do enalteceram o avanço dos últimos cinco anos”, afirmou.

Para o diretor presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, Luiz Henrique Dividino, os resultados refletem o trabalho e os investimentos públicos, mas também apontam correções que devem ser feitas. “Esta pesquisa será uma ferramenta para a continuidade do que foi bem avaliado e para melhorias de alguns apontamentos que merecem sinal de alerta”, declarou Dividino.

RESULTADOS – Entre os exportadores que responderam a pesquisa 85,71%, disseram que as mudanças implementadas melhoraram a produtividade para as operações de exportação das suas empresas. Sendo 0 a nota mínima e 5 a nota máxima, 100% dos exportadores deram nota 4 para o Porto de Paranaguá e 100% deles disseram que a infraestrutura do terminal melhorou, se comparado a que existia há cinco anos.

Já 75% dos trabalhadores filiados aos Sindicatos entrevistados disseram que as mudanças implementadas no Porto melhoraram as operações e os ganhos dos Sindicatos. A nota média (entre 0 e 5) concedida para a infraestrutura do Porto de Paranaguá pelos Sindicatos foi 4,25 e, se comparada a infraestrutura atual com a existente há cinco anos, 75% dos entrevistados acredita que melhorou.

O Instituto Opinião Pesquisa entrevistou representantes dos Sindicato dos Estivadores de Paranaguá, Sindicato dos Arrumadores de Paranaguá, Sindicato dos Conferentes de Carga e Descarga dos Portos do Paraná e Sindicato dos Vigias de Paranaguá.

Todos os 23 operadores entrevistados – ou seja, 100% – acreditam que as mudanças implementadas no Porto melhoraram as suas operações em Paranaguá. Para 95,24% dos operadores a infraestrutura do Porto de Paranaguá atualmente é melhor do que a existente há cinco anos.

Foram positivas as respostas em todos os itens avaliados neste segmento: cais de acostagem, equipamentos portuários, nova metodologia de programação de navios, obras de dragagem, programas sócio ambientais.

Responderam a pesquisa do Instituto Opinião as empresas PASA, Klabin, Cargill, Coamo, Bunge, Cotriguaçu, Rocha, Martini Meat, Harbor, Gransol, TKX, Cattalini, Agência Marítima Cargonave, Transgolf, Petrobrás, AGTL, Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP), União Vopak, Associação dos Terminais do Corredor de Exportação (ATXP) e Associação dos Operadores Portuários do Corredor de Exportação (AOCEP).

PRÁTICOS – Para os Práticos entrevistados os questionamentos foram voltados à sua área de atuação. Ao todo, 100% atribuíram nota quatro (de 0 a 5) à infraestrutura do Porto e 100% acreditam que a infraestrutura melhorou.

CAMINHONEIROS E COMUNIDADE– Entre os 300 motoristas de caminhão entrevistados no Porto de Paranaguá, 53,67% disseram que a infraestrutura está melhor do que a existente há cinco anos. Dos moradores de Paranaguá entrevistados 76,81% conhecem o Porto e 58,10% têm orgulho do Porto de Paranaguá. A atual gestão foi avaliada como boa por 43,14% e 73,57% acreditam que é por meio do Porto que a cidade consegue atrair mais investimentos. (AEN)

Continue Lendo

09 Nov Contratação de crédito rural até outubro soma R$ 64 bilhões

Contratação de crédito rural até outubro soma R$ 64 bilhões

Economia

A contratação do crédito rural pelo Plano Agrícola e Pecuário (PAP) por médios e grandes produtores rurais atingiu R$ 64 bilhões, de julho a outubro deste ano, 26% a mais do que na safra anterior em igual período. Para o secretário de Política Agrícola, Wilson Vaz de Araújo, a liberação de recursos continua forte, tanto […]

Mais Detalhes
20 Set Brasil é o terceiro maior exportador agrícola

Brasil é o terceiro maior exportador agrícola

Economia

Dados da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), divulgados no início da semana, mostraram que o Brasil se tornou o terceiro maior exportador agrícola do mundo, terminando o ano de 2016 com 5,7% do mercado global. Nesse cenário, o País ficou atrás apenas dos Estados Unidos com 11% e da Europa, com […]

Mais Detalhes
10 Set Com clima propício, Paraná inicia colheita do trigo

Com clima propício, Paraná inicia colheita do trigo

Economia

A colheita do trigo já iniciou na região Norte do estado do Paraná nesse ano de 2018. Segundo informações divulgadas pelo analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica, as condições de clima e da planta estão satisfatórias e propícias para que os produtores deem início ao processo de colheita.   “Em Campo Mourão, no […]

Mais Detalhes