28/03/2011

Nortox recebe prêmio ambiental no Mato Grosso

A empresa Nortox recebeu neste dia 17 o prêmio “Reconhecimento à Melhoria da Qualidade da Água”, concedido pela Associação dos Engenheiros Agrônomos da Grande Rondonópolis (Aeagro). A entrega aconteceu durante o seminário “Água, Desafios na Agricultura”, promovido pela Aeagro em Rondonópolis, com apoio do CREA-MT, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e outros parceiros. O seminário reuniu renomados pesquisadores e contou também com a participação do navegador Amyr Klink. “A escolha da empresa aconteceu através de um questionário, elaborado para levantar qual empresa tem adotado as práticas mais modernas e mais eficientes para o aproveitamento, a economia e a preservação da água”, afirmou Airton Froeder, presidente da Aeagro. A entidade reúne mais de 120 engenheiros agrônomos de Rondonópolis e região.

Segundo Froeder, o objetivo do prêmio é reconhecer o trabalho das empresas que estão investindo em práticas ambientais, dar visibilidade às ações que estão dando certo e que possam servir como modelo e incentivar outras empresas a seguirem o mesmo caminho. “O prêmio vai prosseguir nos próximos anos. Fica o nosso desafio para que outras empresas também invistam e se destaquem por suas ações ambientais”, acrescentou Froeder.


Artur Del Vecchio, gerente nacional de Marketing da Nortox, representou a empresa na entrega do prêmio. Ele enumerou vários pontos desenvolvidos pela empresa para uso racional, tratamento e reaproveitamento da água, medidas que levaram a Nortox a vencer o prêmio proposto pela Aeagro. Artur Del Vecchio lembrou ainda outras práticas da Nortox voltadas para o meio ambiente, como o Projeto Olho D’Água, para a recuperação de minas e nascentes no Norte do Paraná, realizado em parceria com a Cocari, e o Projeto Peixe N’Água, que busca o peixamento do Rio Itiquira, em Rondonópolis, através de uma parceria entre a Nortox, o Grupo Bom Futuro e a Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT).


O Projeto Peixe N’Água foi tema de uma das palestras do seminário. O tema esteve a cargo do professor doutor Francisco de Arruda Machado, um dos pesquisadores que está à frente do peixamento do Rio Itiquira. Ele frisou que o projeto difere da soltura convencional, obedecendo a regras biológicas e ecológicas do modo de vida de cada uma das espécies, suas fases de desenvolvimento e crescimento. Estudo prévio baseado em coletas intensivas com tarrafas e redes possibilitou avaliar o estoque pesqueiro geral da área, principalmente da piraputanga, do pacu, do cachara e do pintado.

Galeria de fotos

Enviado por: Nortox
29/06/2010

Projeto Olho D’Água já recuperou quase 60 minas

Parceria entre a Nortox e a Cooperativa Agropecuária e Industrial de Mandaguari (Cocari), o Projeto Olho D’ Água recuperou, até maio, quase 60 minas em 11 municípios do interior paranaense. Ademir Zussa, gerente do Departamento de Segurança, Engenharia e Meio Ambiente (Desema) da Cocari, afirma que somente em Mandaguari foram recuperadas até maio 33 minas localizadas em propriedades de cooperados.


Os municípios beneficiados até agora são Mandaguari (33 minas), Cambira (01), Itambé (01), São Pedro do Ivaí (03), São João do Ivaí (distrito de Placa Luar, 01), Kaloré (01), Borrazópolis (04), Faxinal (04), Marilândia do Sul (06), Ortigueira (01) e Rosário do Ivaí (04).


Em toda a área de atuação da Cocari, cerca de 150 cooperados estão na fila de espera para a restauração de minas em suas propriedades. O trabalho de recuperação respeita a ordem de inscrição.


"Ao aceitar a nossa proposta para este projeto, que vai garantir a restauração de milhares de minas em dezenas de municípios da região, a Cocari, que já tem conosco uma parceria comercial de 25 anos, faz desta parceria uma coisa ainda mais marcante", assinala o diretor comercial da Nortox, Humberto Amaral.

O Projeto Olho D’Água baseia-se em outras ações voltadas à recuperação de minas, especialmente no Projeto Água Viva, da Coopavel. O projeto começou a ser desenvolvido na região de Cascavel em setembro de 2004. Hoje são mais de 4 mil minas recuperadas.

Galeria de fotos

Enviado por: Nortox
30/11/2009

Vídeo de uma das minas restauradas pelo Projeto Olho D’Água



Enviado por: Nortox
Realização
  • Cocari
  • Nortox
Apoio
  • EMATER
  • SEMA
  • IAP